TEMPS D'IMAGES 2012
20 SET > 20 DEZ
   
         
   
         
   
         
   
         
   
         
   
         
   
         
   
 
 
andré godinho e paula garcia
VÉNUS <3 ADÓNIS
   
 

Venus <3 Adonis parte da vontade de fazer uma ópera deliberadamente desprendida dos cânones de virtuosismo a que a ópera é associada.
Em cena, os autores deste espectáculo, ambos leigos musicais, constroem um espaço, onde é interpretada, na medida das suas capacidades, a ópera barroca Venus & Adonis que John Blow compôs em 1683 para a corte de Carlos II de Inglaterra. Recorrem a um coro que acumulará as funções de orquestra. Todas as noites haverá um espectador diferente – a quem o espectáculo é dedicado e a quem se pretende agradar mais do que a todos –, a assistir ao espectáculo via Skype. A utilização deste meio tem não só uma importância conceptual, por criar um «rei» contemporâneo, como também formal, por estabelecer uma relação entre o palco e a imagem filmada – neste caso pela câmara do Skype.

 
Um espectáculo de André Godinho e Paula Garcia
Intérpretes: André Godinho, João Robalo, Paula Garcia, Lea Managil e Coro Menor | Apoio Dramatúrgico: Nuno Fonseca| Acompanhamento Musical: Francisco Ferreira e Leonor Godinho | Ambiente Sonoro: Nuno Fonseca | Desenho de Luz: Carlos Gonçalves | Produção: Francisca Rodrigues e DuplaCena | Co-produção: Festival Temps d’Images, Centro Cultural de Belém
CORO MENOR:
Sopranos: Ana Calheiros | Elsa Bruxelas | Margarida Cardoso | Mimi Tavares | Teresa Boieiro
Contraltos: Claudia Borges | Marta Borges | Joana Pereira | Joana Teixeira | Teresa Santa Clara
Tenores:Fernando Crespo | João Morais Ribeiro | João Regal | Manuel Duarte
Baixos: António Câmara | João Figueiredo | José Adrião | Luís Baptista | Pedro Barata
Solistas: Lea Managil - Vénus | Elsa Bruxelas | João Morais | Luis Baptista
Direcção Musical: Elsa Bruxelas | Coordenação: António Câmara, Elsa Bruxelas, João Morais Ribeiro, Luis Baptista | Adaptação de instrumental para coro: Luís Baptista | Adaptação de instrumental para guitarra: João Morais Ribeiro