TEMPS D'IMAGES 2009
29 OUT > 22 NOV
   
         
   
         
   
         
   
         
   
         
   
         
   
 
   
 
 
tânia carvalho and vera suchánková
DER MANN IST VERRÜCKT
   

 

Tânia Carvalho, coreógrafa-cantora, volta a inspirar-se na poesia de Patrícia Caldeira, uma fonte de imagens inesgotável. Conta ainda com a colaboração de Vera Suchánková, que responde pela banda sonora tocando ao vivo theremin, um instrumento que usa o simples movimento das mãos em contacto com o ar para gerar sons a partir de um campo magnético.

Gosto de escolher poemas e deixar-me inspirar por eles. As palavras proporcionam criar imagens que mais ninguém vê.

“Show Off
I just want to shout in silence
Do you hear my mouth shut?
I just want to shout in silence
To show off.
I am dancing like a stone.
Do you see me rock?
Rocks dance to show off.
To show off nothing in particular.
Nothing in particular
Particles of nothingness
I am nothing
Just to show off
I want to sing no song.
And singing this contradictions
Makes me remember
I want nothing at all.
Do you see me disappearing?
A tiny dot in your memory.
Do you see me disappearing?
Forgetting into nothingness.
Just to show off
Nothing in particular.”
Poema de Patrícia Caldeira

Escolho este texto porque com este crio na minha cabeça as mais confusas e intrigantes imagens, as quais preciso de explorar.
Colaboro neste projecto com uma thereminista, a tocar ao vivo.
Escolhi o theremin por ser um instrumento tocado no ar, como se não existisse, como que tocado em silêncio, como diz no texto “shout in silence / do you hear my mouth shut? Particles of nothingness… do you see me disappearing?”
Começamos por explorar o “nothingness”, ou seja, um lugar onde tudo é possível. E a partir daí foram aparecendo ideias, associações, contaminações, etc.
Tânia Carvalho

 
Direcção e Coreografia – Tânia Carvalho | Thereminista e Co-Criadora – Vera Suchánková | Intérpretes – Tânia Carvalho e Vera Suchánková | Banda Sonora – Vera Suchánková, Handel, Bach, A. Caldara | Poema – Patrícia Caldeira | Desenho de Luz e Direcção Técnica – Anatol Waschke | Figurinos – Aleksandar Protisch | Adereços – Vera Suchánková e Tânia Carvalho | Vídeo Nothingness: Edição de Vídeo – Paulo Azinhaga | Baixista (gravação) – Zeca Iglésias | Produção – Bomba Suicida | Apoios – Dupla Cena/Festival Temps D’images, O Espaço do Tempo e Culturgest