TEMPS D'IMAGES 2008
29 OUT > 17 NOV
   
         
   
         
   
         
   
         
   
 
   
 
 
isabel valverde
REAIS JOGOS VIRTUAIS
   
 

Reais Jogos Virtuais (RJV) integra dança/performance e artes media, numa colaboração transdisciplinar. Numa arquitectura híbrida, os espaços físicos e virtuais interagem com os seus habitantes, performers e audiência, ao vivo e como avatares. RJV problematiza os ambientes dos videojogos e espaços de sociabilidade virtual, como o Second Life, as suas interfaces físicas (através da utilização de óculos de realidade virtual, motion capture, controlador Wii, e câmara web) e relações com a descorporalização. Nesta criação coreográfica híbrida, personagens ao vivo e virtuais interagem entre si para assumir modos de comunicação.
Movimento - físico e virtual -, imagética e sonoplastia afectam-se reciprocamente através de sistemas de interacção computacionais. Esta interactividade entre movimento físico e modelos de mediação e representação virtual: os avatares, parte da ideia de deslocação do espaço virtual (videojogo/animação 3D) para o espaço físico e vice-versa (via motion capture).
RJV situa-se na reflexão sobre o corpo face às tecnologias digitais, particularmente a aderência aos videojogos, e aos modelos imersivos de comunicação em tempo real da Internet.

 

Direcção artística/ coreografia transdisciplinar Isabel Valverde Arte multimédia interactiva António Caramelo Performance Jorge Gonçalves/ Inês Negrão Sonoplastia Ru*mor* Desenho de luzes Nuno Valverde Animação avatar (Second Life) Isabel Valverde Assistentes motion capture José Maria Dinis Espaço cénico híbrido Maria Matos Figurinos Alexandra Sobral Produção executiva