TEMPS D'IMAGES 2007
30 OUT > 15 DEZ
   
         
   
         
   
         
   
         
   
         
   
         
   
 
 
paulo furtado, julião sarmento, joão louro e joão luis carrilho da graça
ELECTRIDADE ESTÁTICA
   
 

O espectáculo Electricidade Estática resulta de uma colaboração entre o músico Paulo Furtado, os artistas plásticos João Louro e Julião Sarmento e o arquitecto João Luís Carrilho da Graça, segundo uma ideia do crítico e curador Delfim Sardo.
Partindo de uma referência cinematográfica, o filme "One Plus One", de Jean Luc Godard que, em 1968, filmou os Rolling Stones em estúdio compondo Sympathy for the Devil, o espectáculo junta remissões ao movimento psicadélico de Ashbury Heights nos anos 60. Assim, nas projecções, na movimentação de palco e na música composta por Paulo
Furtado e executada ao vivo, existe uma tensão de fim de época, de travelling sobre o final de um ciclo que produz uma pressão crescente sobre o espectador.
De facto, trata-se de uma criação colectiva que parte da comum paixão dos seus autores pela história da contracultura, bem como pelo cinema, tomado como uma permanente experiência nostálgica e eléctrica.

 

Programa comissariado por Delfim Sardo
Co-produção Festival Temps d’Images/ DuplaCena/ CCB
Patrocinador exclusivo BANCO ESPÍRITO SANTO
Apoios FP LAB – Frederico Pereira, Tou Aqui Tou aí – Marco Brito, São Luís Teatro Municipal - Dr. Jorge Salavisa, Aida Tavares e Tiza Gonçalves
Agradecimentos CAV – Albano Silva Pereira, ARCO FILMS - Bruno D'Almeida, EIRA , RE.AL - Sofia Campos