TEMPS D'IMAGES 2005
6 > 16 OUT
   
         
   
         
   
         
   
         
   
         
     
 
 
rui horta
SET UP
   
 

- “I want to tell you a story.
- What’s your name?
- Is that important?
- Well, no one likes to talk to a face without a name.
- But you’re looking at me.
- Yes, but I still don’t know who you are!” (...)

No início não tínhamos nome e isso não era importante: depois, alguém nos deu um. Em Setup, o público é convidado a esquecer-se do seu próprio nome para aceitar o convite de olhar para o que se passa no palco de um outro ponto de vista, de uma outra perspectiva. Como se as portas da percepção se abrissem, num jogo de sensações onde, desde há muito, a cortina de palco nos deixou de proteger.

Percepção, questões de identidade, multiplicidade de pontos de vista e falta de verdadeira comunicação são conceitos que ganham corpo nesta encenação da não-comunicação. A reacção do corpo perante uma agressividade latente entre três homens em tensão e a urgência da fala... e quando a palavra não chega, o corpo transporta a única comunicação possível.

 

Conceito, Cenário e Desenho de luzes Rui Horta
Coreografia / Textos Rui Horta em colaboração com os intérpretes
Intérpretes Nicola Carofiglio, Bruno Heynderickx, Anton Skrzypiciel
Música Tiago Cerqueira
Vídeo Helder Cardoso
Sonoplastia / Apoio técnico Luis Bombico, Nuno Borda de Água
Produção Filipa Hora - O Espaço do Tempo
Co-produção Ministério da Cultura - Instituto das Artes, O Espaço do Tempo, Festival Danse à Aix, Festival TEMPS D´IMAGES 2005 / Le Trafo (Budapeste), tanzhaus nrw (Düsseldorf), DUPLACENA (Lisboa), Faro Capital Nacional da Cultura 2005, Château Rouge – Annemasse.
Apoios: Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, Fundação Calouste Gulbenkian, Instituto Camões.