TEMPS D'IMAGES 2005
6 > 16 OUT
   
         
   
         
   
         
   
         
   
         
     
 
 
maria jerez
EL CASO DEL ESPECTADOR
   
 

Com este trabalho pretendo analisar o ponto de vista do espectador e o poder que a representação, a ficção e o virtuosismo têm sobre os nossos mecanismos de percepção.
Graças à dissociação do meu corpo posso apresentar acções e imagens duplas, que me permitem propor, em directo, dois tempos narrativos simultâneos: o cénico e o cinematográfico.
Estes dois tempos narrativos vão-se entrelaçando cada vez mais, como acontece com as bonecas russas. Fragmentação do corpo, multiplicidade de personagens e duplas acções.
O dispositivo criado é um buraco negro, um nó cego, um tempo morto que me permite jogar com o que o espectador vê e não vê.
Maria Jerez

 

Realização e interpretação María Jerez
Ajudante técnico Gonzalo Montón
Figurinos Hanna Sjödin
Co-produção MUGATXOAN 2004-Arteleku Gipuzkoako Forum Aldundia, Fundação de Serralves, Porto. Com a colaboração da Aula de Danza de la Universidad de Alcalá de Henares.